fbpx
+55 31 3218 5000

O que fazer quando ninguém quer ser Síndico no Condomínio

O que fazer quando ninguém quer ser Síndico no Condomínio

O primeiro trimestre do ano é um dos mais importantes no condomínio, pois geralmente é quando acontece a assembleia geral ordinária e um dos temas principais é a tão temida eleição do novo síndico.

Mas, o que fazer quando ninguém quer ser síndico e como evitar que o condomínio fique sem um responsável?

Antes de mais nada é importante ressaltar que, se o condomínio ficar sem síndico, ele se torna irregular, uma vez que estará sem representante legal. Isso pode gerar vários problemas ao condomínio. 

Então, separamos abaixo 3 dicas que se realizadas antes da assembleia, poderão ajudar a evitar esse tipo de problema.

  1. O gestor atual deve procurar formas de incentivar os condôminos a se candidatarem ao cargo. Alguns condomínios oferecem benefícios aos síndicos, como remuneração, descontos ou isenção da taxa condominial. Mas lembre-se, a convenção do condomínio precisa ser consultada e se necessário uma assembleia deve ser convocada para deliberar sobre isso.
  2. A assembleia de eleição não deve ser marcada para uma data próxima ao vencimento do mandato do síndico atual. O ideal é que a assembleia seja agendada com no mínimo 30 dias de antecedência ao término do mandato. Dessa forma haverá tempo hábil para marcar uma nova assembleia, caso necessário.
  3. Durante o ano, o síndico deve fazer campanhas de conscientização sobre o trabalho realizado dentro do condomínio, reforçando sempre a importância do síndico na gestão condominial e os prejuízos que a ausência de um responsável pode causar. Assim, na época da eleição do novo síndico, todos estarão cientes da importância de se preservar essa figura que é imprescindível para a manutenção regular do condomínio.  

Mas o que fazer se no dia da assembleia – mesmo seguindo todas as nossas dicas – ninguém se candidatar?

Se o termino do mandato estiver muito próximo, existe a possibilidade de se estender o prazo da gestão do atual síndico por tempo determinado e convocar uma nova assembleia para deliberar sobre a contratação de um síndico profissional para desempenhar a função.

Atenção: É altamente recomendável que se contrate um síndico profissional qualificado para cuidar com segurança e eficiência da administração do seu condomínio.

Esta alternativa é permitida pela legislação, já que dispõe sobre a possibilidade do síndico ser condômino ou não.

A contratação do síndico profissional deve ser aprovada durante a assembleia. Por isso, converse previamente com os condôminos e apresente na próxima reunião algumas sugestões de profissionais qualificados, para que os condôminos tenham somente boas opções para votar.

A Pacto Administradora pode te assessorar na contratação de um síndico profissional adequado para atender a todas as demandas do seu condomínio.

E então, gostou das nossas dicas? Já passou por isso no seu condomínio? Conte aqui nos comentários.

Para saber mais sobre gestão condominial, cadastre-se em nossa newsletter e siga nossos perfis nas redes sociais.

Deixe uma resposta

Fechar Menu