fbpx
+55 31 3218 5000

Como lidar com moradores que estão com condomínio atrasado? Entenda!

Como lidar com moradores que estão com condomínio atrasado? Entenda!

Lidar com moradores que estão com o condomínio atrasado não é uma tarefa fácil. Afinal, quem é que gosta de ser “cobrado”, certo? Mas essa é uma ação necessária para conscientizar os condôminos de suas obrigações.

Além do mais, isso contribui para manter o bom funcionamento do local, como manutenção, limpeza, água e luz, áreas comuns, etc.

Mesmo sabendo de tudo isso, muitos síndicos se sentem inseguros na hora de executar essa atividade. Pensando nisso, escrevemos este artigo para mostrar a você que é possível lidar com moradores com condomínio atrasado sem desconforto. Continue a leitura e confira!

Entenda o que diz a lei sobre o atraso de condomínio

Entender o que a lei diz sobre o atraso de condomínio é fundamental para o síndico não ter problemas futuros com eventuais processos judiciais. Nesse sentido, antes de realizar qualquer tipo de cobrança, verifique quando essas despesas podem ser cobradas, se a aplicação de multa é cabível, etc.

Com essas informações em mãos, você tem a segurança jurídica necessária para abordar o morador inadimplente e realizar a cobrança necessária.

Busque pelas restrições legais que podem ser aplicadas

Quando o morador se torna inadimplente, existem algumas restrições legais que precisam ser seguidas à risca. Por exemplo:

  • Ele não pode assumir o papel de síndico, a não ser que haja disposição contrária na convenção do condomínio;
  • Não pode votar em assembleia, apenas participar da reunião;

Ainda, é importante lembrar que ele não pode ser impedido de frequentar áreas comuns em razão da inadimplência.

Esteja atento a esses detalhes para não cometer injustiças e nem mesmo permitir algo que esteja em contrariedade à lei.

Analise a aplicabilidade de juros e multas

O Código Civil permite a aplicação de juros e multas. No entanto, os juros precisam ser de até 1% ao mês e a multa, por sua vez, até 2% sobre o valor do débito.

Algumas Convenções de Condomínio permitem a cobrança de juros em patamar superior. Ainda, também existem casos de previsão de aplicação de multa extra ou em valor superior nas situações de inadimplência recorrente.

De início, adote apenas as disposições do Código Civil, entrementes, para aplicar as medidas previstas na Convenção e consulte um advogado para análise de cada caso.

Caso seja necessária a ação de cobrança, o juiz também avaliará cada caso.

Entenda sobre a cobrança ética a ser efetuada

Para não ter problemas futuros, o síndico deve realizar a cobrança do condomínio atrasado de maneira ética. Ou seja, algumas diretrizes que ele precisa seguir são:

  • Informar o devedor individualmente sobre o pagamento em atraso;
  • Não divulgar lista de inadimplentes com o nome do devedor;
  • Não constranger o devedor diante de outras pessoas, sejam elas moradoras do condomínio ou não etc.

Busque por parcerias que auxiliem na gestão financeira

A gestão financeira não é algo tão simples de ser feita. Por essa razão, muitas vezes é preciso o auxílio de profissionais especializados para executá-la com eficiência.

Dessa forma, é possível fazer uma gestão mais transparente sem se preocupar com equívocos que podem colocar a seriedade da sua administração em dúvida perante os demais moradores.

Adote essas dicas o quanto antes para não ter mais problemas com condomínio atrasado! Esse tipo de situação desgasta a relação entre o síndico e moradores, uma vez que a cobrança precisa ser realizada e, quando necessário, medidas mais enérgicas precisam ser tomadas.

Ficou com alguma dúvida? Aproveite nosso espaço e deixe seu comentário aqui embaixo!

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu