fbpx
+55 31 3218 5000

Veja como fazer o controle de despesas no condomínio

Veja como fazer o controle de despesas no condomínio

Uma das funções do síndico do condomínio é ter atenção às finanças e fazer o controle de despesas do local. Afinal, há uma série de gastos necessários para manter o funcionamento das áreas comuns. É o caso, por exemplo, de arcar com o pagamento de porteiros, diaristas, jardineiros, contas de água, luz, taxas prediais, entre outras.

Por isso, o controle de despesas deve ser feito de forma impecável, garantindo um fluxo financeiro eficiente e permitindo, até mesmo, poupar para futuras necessidades que possam vir a acontecer. É o caso, por exemplo, de obras emergenciais, reparos, entre outros.

Confira como fazer o controle de despesas no condomínio e tire suas dúvidas sobre o tema. Boa leitura!

Reduza o índice de inadimplência

Esse é um dos pontos mais delicados de ser trabalhado por depender demasiadamente de terceiros para este fim. A inadimplência (atraso ou não pagamento da taxa condominial) pode ser altamente prejudicial para fechar as contas do condomínio.

Mesmo que projete os valores para que as contas não fiquem apertadas, se os índices forem elevados, pode-se complicar as contas todas mensais. Pense, por exemplo, se 25% dos condôminos não arcarem com as taxas: o rombo poderá ser altíssimo.

Por isso, tome as medidas necessárias para evitar que essa situação perdure. São elas:

  • converse com os inadimplentes para realizar acordos, a fim de negociar a dívida;
  • caso não ocorra o diálogo, entre com as medidas cabíveis, incluindo, até mesmo, a cobrança judicial, caso seja preciso. É importante seguir os ritos adequadamente para evitar problemas para o condomínio.

Controle os gastos

Todos os gastos do seu condomínio estão sendo feitos, de fato, para questões que realmente importam? Ou há um descontrole no orçamento que está prejudicando as contas mensais? Por exemplo, os serviços contratados são essenciais ou realmente trazem benefícios para o local?

Outro ponto: o orçamento do condomínio está saudável para determinadas obras? Ou, caso sejam supérfluas, não seria melhor adiá-las? É fundamental verificar todas essas questões.

Algumas dicas importantes para isso são:

  • planeje com antecedência as obras do condomínio;
  • realize questões supérfluas (como obras focadas na parte estética) quando o fluxo de caixa for favorável a isso;
  • avalie quais são os gastos fixos e variáveis do condomínio e avalie quais deles são, de fato, necessários.

Tenha um fundo de emergência do condomínio

Quando um condomínio passa por situações emergenciais, normalmente, há um gasto elevado para resolução das questões. Dependendo da situação, o valor poderá ficar muito alto para dividir para todos os condôminos.

Quando há um fundo de emergência, é possível resolver as questões com mais conforto financeiro ou, então, sem precisar cobrar taxas extras dos seus condôminos. Além disso, em alguns casos, com o valor total em mãos, é possível negociar valores com fornecedores de produtos e serviços e conseguir descontos.

Para isso, estime um valor para o fundo de emergência. Aproveite e aplique a quantia em fundos de liquidez diária para que ele possa render e, assim, aumentar o valor obtido para o condomínio. Isso é uma forma estratégica de poupar dinheiro e fazê-lo render.

Organize as finanças do condomínio

Ao receber as informações financeiras do condomínio, algumas questões podem estar desorganizadas. O síndico precisa, assim, tornar as informações mais claras e organizadas para ter um controle eficiente em suas ações.

Organize entradas, saídas, datas de pagamentos de contas fixas, acertos de salários, tributos, entre outros. Com isso, terá maior clareza sobre o fluxo de caixa do condomínio e poderá atuar de forma mais proativa para obter melhores resultados.

São muitos detalhes que podem ser trabalhosos para o síndico, principalmente para aqueles que não têm conhecimento na área financeira. Por isso, pode ser importantíssimo direcionar esse esforço para uma administradora de condomínios.

Além do controle financeiro, ela permite auxiliar dando suporte na área administrativa, com a gestão de documentos essenciais e garantindo uma maior eficiência no controle do condomínio.

Quer contar com uma administração eficiente e ter todos os benefícios necessários para o seu condomínio? Conte com a PACTO Administradora. Entre em contato agora mesmo e tire suas dúvidas sobre o tema.


Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu