fbpx
+55 31 3218 5000

5 Sinais de que seu condomínio precisa de uma administradora

5 Sinais de que  seu condomínio precisa de uma administradora

Administrar um condomínio é como administrar uma grande empresa. São centenas de pessoas sob a responsabilidade do síndico. É preciso organização, liderança, paciência, conhecimentos administrativos e muito jogo de cintura.

Por isso, sabemos que não é uma tarefa lá muito fácil. Principalmente quando se é “marinheiro de primeira viagem”. Sendo assim, contratar uma administradora pode ajudar. 

Antes de mais nada, vale ressaltar que contratar uma administradora não significa anular a necessidade de um síndico. Pelo contrário, ambos deverão trabalhar em equipe para conseguir alcançar todos os objetivos do condomínio.

E para que você saiba se está na hora de recorrer à uma ajudinha extra, reunimos aqui os 5 sinais de que seu condomínio está precisando de uma administradora:

1- Falta tempo e organização

Se você está sem tempo e não consegue organizar as atividades do seu condomínio e parece que precisa de 48 horas por dia para dar conta de tudo. Então esse é um sinal de  que precisa de ajuda!

Uma das maiores dificuldades de quem é síndico, é conciliar as atividades do condomínio com suas atividades profissionais e pessoais.

Na maioria dos casos, há uma sobrecarga de trabalho que acaba prejudicando o desempenho em uma ou outra atividade. Uma vez que administrar um condomínio é o mesmo que administrar uma empresa em tempo integral.

Por isso, é necessário organização e responsabilidade. Visto que pequenos detalhes no dia a dia (como manutenções, pagamento de contas) quando deixados de lado, podem vir a se tornar grandes problemas.

2- Dificuldade na administração fiscal e contábil

Uma vez que a organização é crucial para a administração de um condomínio, a falta dela acarreta centenas de problemas. Alguns dos problemas mais comuns são nas áreas contábil e fiscal.

Se seu condomínio ainda não está habituado a recolher as notas fiscais, fazer a devida separação e arquivamento desses documentos. Ou mesmo, se não consegue entregar todas as obrigações acessórias e/ou declarações; então está na hora de pedir ajuda profissional.

3- Alta Rotatividade de funcionários

O aumento do número de funcionários em um condomínio ou até mesmo a alta rotatividade deles, pode gerar inúmeras dificuldades para o síndico em exercício.

Uma vez que o trâmite para contratação e dispensa desses funcionários é bastante burocrática e requer cuidados. Por isso, uma empresa com conhecimentos na área pode ser de grande ajuda nesses momentos.

4- Aumento da inadimplência

O aumento da inadimplência é um dos problemas que mais preocupam os síndicos. Visto que o atraso ou não-pagamento das taxas condominiais pode acarretar em diversos problemas. Entre eles: déficit nas contas do condomínio, aumento da taxa condominial, desconforto entre os condôminos etc.

Para lidar com esse problema é necessário que o síndico possua recursos efetivos para envio e cobrança dessas taxas. Na falta desses recursos, o mais indicado é procurar uma administradora que possua um sistema efetivo de cobranças e acordos.

5- Déficit nas contas condominiais

Por fim, o temido déficit nas contas. Caso haja uma alta taxa de inadimplência em seu condomínio, a chance de haver um déficit é muito grande.

Outro possível problema é a falta de organização com as despesas do condomínio; que faz com que aumente o pagamento de juros e multas por atraso.

Se seu condomínio apresenta um ou dois desses sinais, então é preciso ligar o alerta e contratar ajuda profissional. 

Além da gestão financeira, contábil, pessoal e jurídica, contratar uma administradora têm ainda outros bônus. Contar com Aplicativo de gestão condominial, cartão despesas, plataforma de consulta e acompanhamento de água e gás.

Ou até mesmo serviços como plantão 24 horas, corretora de seguros e outras soluções que só uma administradora pode oferecer. 

Este post tem 4 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu