fbpx
+55 31 3218 5000

Entenda como o síndico pode lidar com as regras de condomínio

Entenda como o síndico pode lidar com as regras de condomínio

As regras de condomínio são estabelecidas para manter a ordem no ambiente. Ou seja, fazer com que os moradores contribuam para promover a tranquilidade do local, o bom uso dos benefícios oferecidos e o bem-estar de todos.

Nesse sentido, é importante fazer um controle rigoroso dessas normas para não ter problemas futuros.

Existem algumas situações que exigem a definição de normas extraordinárias, como é o caso da pandemia decorrente da COVID-19. Em situações como essa, o aconselhável é estabelecer medidas que estimulem o distanciamento social e sempre que possível debatê-las previamente com os moradores.

Neste artigo, vamos mostrar como o síndico deve lidar com as regras de condomínio. Fazendo com que todos os moradores entendam a importância delas. Acompanhe!

Mantenha os moradores informados sobre as principais normas e mudanças

O primeiro passo é manter os moradores informados a respeito das regras estipuladas. Para isso, você pode fazer uso de aplicativos e e-mails para agilizar a comunicação. Garantindo, ao mesmo tempo, que ninguém fique sem receber o comunicado. Afixar as novidades na portaria, áreas comuns, elevadores e quadro de avisos pode amplificar essa medida.

As mudanças também precisam ser avisadas previamente. Isso significa que é importante oferecer aos condôminos um prazo para eles se adaptarem às novas exigências. De início, é interessante não ser tão rigoroso, mas sempre deixar claro que as regras mudaram e que o morador precisa estar atento para não cometer novos equívocos.

Entenda o que diz a lei sobre o assunto

Antes de tomar qualquer decisão, é importante que você consulte a lei para averiguar se não está interferindo em algum direito do morador e, claro, para não ter prejuízos futuros em casos de uma ação judicial.

Nesse momento de pandemia, as normas estão em constante alteração. Por isso esteja sempre atualizado, principalmente sobre os decretos municipais e outras leis que tratem sobre os condomínios.

Notifique formalmente moradores que desobedecerem as regras de condomínio

Para tudo existe um limite. Quando lidamos com pessoas, nem sempre é fácil tomar uma decisão. No entanto, é importante que você, enquanto administrador de bens alheios, defina uma limitação para tomar medidas mais enérgicas.

Isso porque pode acontecer de você, como síndico, ter que chamar a atenção do mesmo morador pelo mesmo erro por várias vezes e, mesmo assim, ele não seguir as regras estabelecidas.

Nesse caso, você pode fazer uso de notificações formais. Dessa forma, você assegura o seu direito de aplicar e cobrar multas em caso de descumprimento das normas. De acordo com a legislação vigente, a Convenção do Condomínio e o Regimento Interno.

Na mesma medida, também deve ser oportunizado ao infrator o amplo direito ao contraditório e retratação, seja ao síndico, conselho ou mesmo perante a assembleia geral.

Estabeleça diretrizes para que os moradores sejam responsabilizados pelos seus atos

Essas diretrizes servirão como um aviso aos moradores sobre o que pode vir a acontecer caso eles não sigam as regras do condomínio. Elas precisam ser claras e objetivas, sem dar espaço para duplas interpretações. Dessa forma, você também consegue ter mais segurança na hora de aplicar multas, enviar notificações e tomar outras medidas mais extremas.

As regras de condomínio são muito importantes para manter a harmonia e ordem do local, principalmente em tempos de pandemia, em que o distanciamento social é de extrema importância para assegurar o bem-estar e qualidade de vida de todos os moradores.

Gostou das nossas dicas? Que tal receber novos conteúdos em seu e-mail? Então assine agora a nossa newsletter para não perder as novidades.

Deixe uma resposta

Fechar Menu