fbpx
+55 31 3218 5000

4 dicas práticas para melhorar o planejamento financeiro do condomínio

4 dicas práticas para melhorar o planejamento financeiro do condomínio

Sabemos que um dos maiores desafios em administrar um condomínio é realizar uma boa gestão financeira, organizando todos os gastos para uso transparente dos recursos e evitando a inadimplência.

Nesse momento, contar com um bom planejamento financeiro do condomínio é fundamental, uma vez que falhas e descuidos podem comprometer e colocar em risco a saúde financeira do prédio.

Assim, pensando em ajudá-lo, vamos apresentar 4 dicas eficientes para melhorar o planejamento financeiro do condomínio. Continue a leitura para conferir todos os detalhes!

1. Levante todas as despesas

O primeiro passo para melhorar o planejamento orçamentário deve ser realizar um levantamento de todas as despesas do condomínio. Para tanto, é possível observar os gastos do ano anterior, incluindo contas de luz, água, salário dos funcionários, manutenção, entre outros pagamentos que ocorreram durante o período analisado.

Também é importante verificar as fontes de receitas e reunir todos os dados obtidos com relação a gastos e recursos. Dessa maneira, você pode visualizar quais devem ser as prováveis despesas do próximo período e, ainda, descobrir quais foram os gastos não calculados no ano anterior e os demais erros de gestão que foram cometidos.

2. Calcule os reajustes salariais e de contratos de prestação de serviço

As despesas que, em geral, costumam sofrer variações são os contratos de prestação de serviço e os salários dos funcionários do condomínio. Por essa razão, é importante durante o planejamento orçamentário já incluir esses valores e evitar qualquer tipo de imprevisto.

Nesse cálculo, é relevante incluir até mesmo os encargos trabalhistas, como 13º salário, férias e previsão de rescisão de funcionários, e observar os possíveis reajustes que os contratos de prestação de serviço, como os contratos de energia elétrica, internet e telefone, podem sofrer.

3. Tenha atenção às sazonalidades

Além dos encargos trabalhistas, as demais sazonalidades que podem gerar impacto no planejamento financeiro do condomínio também devem ser levadas em consideração, como a dedetização das áreas comuns do condomínio.

Existem gastos que acontecem apenas em determinados períodos do ano, como a maior necessidade de manutenção da piscina nos meses de verão em razão do uso frequente. Nesse caso, para identificar esse tipo de situação, o recomendado é analisar os meses que tiveram uma saída maior de capital e pontuar os motivos.

4. Estime a inadimplência

A inadimplência é um problema que todos os condomínios estão sujeitos e que tende a aumentar ainda mais em momentos de crise financeira. Assim, o ideal é observar os índices de inadimplência do ano anterior para ter uma base e prever uma cota emergencial com valor um pouco superior ao acumulado de inadimplência do período passado.

Ao ter essa atitude, mesmo que alguns condôminos faltem com seu compromisso, o condomínio não deve sofrer grandes consequências, uma vez que já conta com uma reserva para pagar as suas contas. Além disso, no final do período se o valor não tiver sido utilizado, é possível, ainda, aplicá-lo em alguma benfeitoria no condomínio.

Algumas administradoras de condomínio adotam medidas para auxiliá-lo nesse sentido. Nós, por exemplo, contamos com um setor exclusivo para solucionar os problemas de inadimplência: o Departamento de Cobrança. Assim, uma equipe qualificada realiza todos os processos para diminuir as dificuldades de recuperação e garantir que o condomínio mantenha as suas contas em dia.

Além disso, a PACTO Administradora conta com uma parceria com os principais bancos que permite que o condômino cadastre a taxa condominial em débito automático, a equipe de Cobrança realiza contato com os condôminos em atraso a fim de negociar os débitos e é possível, ainda, negativar a unidade que estiver em atraso com a taxa condominial junto ao SPC. Ou seja, adota-se uma série de medidas garantindo que o condomínio receba as taxas condominiais em dia.

Agora que você já conhece 4 dicas de planejamento financeiro do condomínio, coloque-as em prática o quanto antes para ter uma gestão financeira eficiente, transparente e simplificada em seu prédio!

O nosso post foi útil? Deixe um comentário e compartilhe com a gente que você achou a respeito das dicas apresentadas!

Deixe uma resposta

Fechar Menu